sábado, 23 de janeiro de 2010

AMALIA TAURCHINI POLESEL - SAUDADES

Nossa árvore genealógica é uma verdadeira preciosidade. Poucas famílias tem este privilégio. São informações de nossos antepassados desde o século XVI até hoje!Estas informações só existem graças a Dona Amália Taurchini Polesel, esposa de Eddo Polesel, italianos que imigraram para a Venezuela e lá constituíram família e negócios.Dona Amália, apaixonada por genealogia, incentivou seu sobrinho, Alessando Vaccher, filho de Delia Pollesel, a percorrer igrejas, cemitérios e cartórios de Treviso para resgatar informações que estavam esquecidas há mais de 500 anos.Meu contato com D. Amália foi através de e-mails. Não tive a oportunidade de conhecê-la e, infelizmente, ela faleceu em 20 de abril de 2006, após longos anos de terrível enfermidade degenerativa. Tenho por ela grande admiração, pois seu gesto, pioneiro e generoso, incentivou pesquisadores do mundo inteiro. Pete Polesel, nos Estados Unidos e Renzo Polesel, na Itália, desenvolveram páginas na Internet (www.polesel.com e www.polesel.it). Outros parentes que vivem na Argentina, EUA, Canadá, França, Itália, Suíça e Austrália conheceram um pouco mais sobre suas origens e deram continuidade a pesquisa, gerando descobertas importantes.Muito obrigado, Dona Amália! A senhora nos ensinou que a genealogia tem o poder de unir as pessoas...

Nenhum comentário: