Postagens

Mostrando postagens de Março, 2012

HISTÓRICO DA DEVOÇÃO AO CORAÇÃO DE MARIA EM PIRACICABA - II

Imagem
HISTÓRICO DA DEVOÇÃO AO CORAÇÃO DE MARIA EM PIRACICABA
Parte II

Sr. João Nardin e D. Carmelina Franco Nardin













(Capelinha do Imaculado Coração de Maria, sendo substituída pela nova matriz, 1957)


Na década de 1930 o Sr. João Nardin, que era provedor da Irmandade do Santíssimo da Catedral de Santo Antonio, contagiado pelas pregações de Frei Luiz Maria de São Tiago, de quem foi contemporâneo, constrói a Capela do Coração de Maria, na Paulicéia, então periferia distante do centro da cidade. Este gesto generoso ajuda a manter a devoção viva, além de proporcionar à população humilde do bairro distante o privilégio de se ter uma capela para suas rezas, celebrações e reuniões do bairro.
Sr. João Nardin morava no centro da cidade, nas imediações do Mercado Municipal, onde também ficava sua oficina de carpintaria. E, aos domingos, tomava o bonde, com sua família e amigos e iam todos á capelinha da Paulicéia. Desciam do bonde na Paulista e faziam o restante do percurso á pé, conforme relato de sua filh…

HISTÓRICO DA DEVOÇÃO AO CORAÇÃO DE MARIA EM PIRACICABA - I

Imagem
HISTÓRICO DA DEVOÇÃO AO CORAÇÃO DE MARIA EM PIRACICABA
Parte I





Frei Luiz Maria de São Tiago






A devoção ao Coração de Maria nasceu junto com a devoção ao Coração de Jesus na Europa do sec. XIX. Com as aparições de Nossa Senhora em Fátima, em 1917, atinge seu auge e propaga-se pelo mundo todo. Atualmente os “Arautos do Evangelho”, associação religiosa nascida no Brasil, é a grande responsável pela propagação ao Imaculado Coração, sem mencionar aqui os milhares de devotos que conheceram esta invocação tornaram-se divulgadores anônimos.
Os piracicabanos conheceram esta devoção mariana em 1899, com a chegada do missionário italiano, frei Luiz Maria de São Tiago. Frei Luiz fez parte do primeiro grupo de franciscanos capuchinhos que fundaram aqui a Igreja do Coração de Jesus, conhecida como “a Igreja dos Frades”, além do Seminário Seráfico São Fidélis.
Este grupo de religiosos franciscanos capuchinhos veio incumbido pela congregação de fundar em Piracicaba uma Província Franciscana e, pelo Papa L…

A DEVOÇÃO AO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA NA HISTÓRIA DE PIRACICABA

Imagem
Frei Luiz Maria de São Tiago












Pe. João de Ecehevarria Torre









A devoção ao Imaculado Coração de Maria na história de Piracicaba


A devoção ao Coração de Maria nasceu junto com a devoção ao Coração de Jesus na Europa do sec. XIX. Com as aparições de Nossa Senhora em Fátima, em 1917, atinge seu auge e propaga-se pelo mundo todo. Atualmente os “Arautos do Evangelho”, associação religiosa nascida no Brasil, é a grande responsável pela propagação ao Imaculado Coração.
Os piracicabanos conheceram esta devoção mariana em 1899, com a chegada do missionário italiano, frei Luiz Maria de São Tiago. Frei Luiz fez parte do primeiro grupo de franciscanos capuchinhos que fundaram aqui a Igreja do Coração de Jesus, a Igreja dos Frades, além do Seminário Seráfico São Fidélis.
Este grupo de religiosos vieram incumbidos pela congregação de fundar aqui uma Província Franciscana e, pelo Papa Leão XIII, de propagar a devoção ao Coração de Jesus. Frei Luiz Maria de São Tiago, paralela á estas obrigações, tinha tamb…

texto do Pe. João de Echevarria Torre - livro tombo

Imagem

Autógrafo - Dom Pedro Casaldaliga - Bispo emérito de São Felix do Araguaia

Imagem

email de D. pedro Casaldaliga.... grande homem de Deus!

Imagem
De: Pedro Casaldaliga < pedro.casaldaliga@uol.com.br >
Para: pollesel@bol.com.br
Assunto: Fotografia e comunhão fraterna
Enviada: 19/03/2012 15:31

Queridos Claudinei, Dalva e filhos,
agradeço de coração seus parabéns como testemunho de comunhão fraterna. Seguiremos unidos nas causas do Reino de Deus.
Estou-lhes enviando, em anexo, a fotografia pedida. Brasão não tenho, mas o Evangelho vivido diariamente será nosso melhor brasão...
Recebam um grande abraço, já e sempre, a caminho da Páscoa.

Pedro Casaldàliga

Reportagem da Gazeta de Piracicaba

Imagem
Reportagem sobre o Padre João de Echebarria e os 60 anos da Paróquia do Coração de Maria da Paulicéia.