MORREU PADRE ZEZINHO CHIARELLI


Morreu dia 12 de junho de 2010 na Casa Mãe dos Missionários Xaverianos, O Padre Giuseppe (Zezinho) Chiarelli. Este missionário trabalhou muito em Piracicaba/SP na Paróquia Imaculado Coração de Maria - Paulicéia, onde deixou muitas lembranças e saudades!
Seu velório esta acontecendo no Santuário Dom Guido Maria Conforti e seu sepultamento será em Parma.
Saudades! Sua Benção querido amigo!
Pe. Zézinho foi o primeiro xaveriano que conheci no ano de 1984, juntamente com Padre José Ibanez Serna.... era uma dupla do barulho: padre Zézinho e padre Zézão.

Pe. Zezinho nasceu em Taranto em 10 de maio de 1944 e foi ordenado em 27 de setembro de 1970.

No livro de homenaem ao Pe. Médici, morto no ultimo dia 06, publiquei o seguinte texto:

"Conheci os padres xaverianos em 1982. Eu tinha 14 anos quando minha família mudou-se para o bairro do Campestre em Piracicaba/SP. Tanto o campestre como o chicó são comunidades rurais e suas respectivas capelas (Nossa Senhora Aparecida e São José) pertencem á Paróquia Imaculado Coração de Maria, na Paulicéia, dirigida há muitos anos pelos missionários xaverianos.
Na paróquia anterior já freqüentava grupos de jovens e tinha uma vivência na igreja. Fui coroinha dos Frades Capuchinhos na Fazenda Taquaral e do Padre Joaquim de Paula Correa, no Piracicamirim.
Apesar de morar no campestre acabamos por freqüentar o chicó, meus pais, eu e meus irmãos solteiros, a Ana e o João.
Conhecemos nossos novos vigários: Pe. Zezinho (Giuseppe Chiarelli) e Pe. Zelão (Jose Ibanes Serna) e retomamos nossa vida de comunidade. Desde o inicio relatei ao Pe. Zezinho meu desejo de tornar-me padre e ele me convidou á freqüentar a Casa Paroquial da Rua Antonio Bacchi, 1065, onde funcionava o Seminário Xaveriano. A partir daí todos os meus finais de semana passei na rotina do seminário ou dentro do fusquinha dos padres, indo com eles nas visitas de todo o tipo."

Comentários

Piracicaba disse…
Claudinei,
Parabéns pelo blog!
Um trabalho muito bem feito, com muito calor humano, que conquista o leitor de imediato.
Um povo sem memória é um povo sem futuro , sua contribuição é muito importante!
Um grande abraço,
João U.Nassif

Postagens mais visitadas deste blog

IMIGRANTES ITALIANOS QUE VIERAM NO VAPOR MANILLA EM 30 DE OUTUBRO DE 1897

POLESEL, POLLESEL, POLEZEL, POLIZEL, POLEZER, POLEZELLI, POLESELLO

FAMILIA EVANGELISTA - COMPANHEIROS NO VAPOR MANILA