sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Márcia Pacheco entrega moção de aplausos a Claudinei Pollesel

Membro do Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba, ele lançou no ano passado a biografia de Madre Celina










A vereadora Márcia Pacheco (PSDB) homenageou, durante a 2ª reunião ordinária da Câmara de Vereadores de Piracicaba, quinta-feira (4), o historiador Claudinei Pollesel, do IHGP (Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba), pelo lançamento do livro Madre Celina – Testemunha da Alegria, uma biografia da religiosa que, conforme lembra a parlamentar, “fez parte da história de Piracicaba por tantos anos”, disse. 
No texto da moção de aplausos 124/2015, a vereador destaca que desde o falecimento de Madre Celina, aos 88 anos de idade, em 10 de setembro de 2014, as irmãs concepcionistas queriam produzir um livro que retratasse a história da madre. “A vida dela foi muito bonita e as pessoas que a conheceram também pediam muito que a história fosse retratada, e o livro acontecesse”, observa Márcia Pacheco. 
Para retratar a história, as irmãs Maria Beatriz, Maria Lúcia, Maria Inês, Rosa e Madre Maria Antônia começaram a registrar no papel todas as lembranças de Madre Celina e também contaram com a ajuda da família da religiosa. “Foi um livro escrito entre lágrimas, recheado de lembranças, tendo a função de guardar as memórias do que a Madre Célia viveu”, aponta o texto da moção de aplausos.
A vereadora Márcia Pacheco lembrou que o marido, o médico Sérgio Pacheco, ex-vice-prefeito de Piracicaba, cuidou de Madre Celina até o fim da vida dela, “ele era um dos únicos profissionais que tinha contato direto ali dentro do mosteiro, e eu, mesmo acompanhando de fora, sempre vivenciei a vida desta grande mulher”, concluiu.


Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337

Nenhum comentário: