quarta-feira, 28 de outubro de 2015

PRAÇA MADRE CELINA - JORNAL DE PIRACICABA


 
Cidade

Praça na Nova Piracicaba recebe o nome de Madre Celina
Lilian Geraldini
25/10/2015  17h19
20151018-17-1.jpg
Ferrato e Capitão Gomes entregaram réplica da placa ao mosteiro (Creditos: M. Germano/JP)
A praça localizada entre as avenidas Armando Cesare Dedini e Paulista, em frente ao Santuário de Nossa Senhora dos Prazeres, na Nova Piracicaba, recebeu no último sábado (24/10) o nome da madre Maria Celina, fundadora do Mosteiro das Concepcionistas da Vila Rezende.
A iniciativa é do vereador Capitão Gomes (PP). Moradores, vereadores e o prefeito Gabriel Ferrato (PSDB) acompanharam o ato.
A madre Maria Antônia de Santana Galvão e as irmãs Maria Lúcia, Beatriz e Rosa Maria, que vivem em clausura no mosteiro, receberam do prefeito uma réplica da placa e uma cópia do projeto de lei de denominação da praça.
A placa descerrada para a homenagem estava coberta com o manto utilizado por madre Celina em seus momentos de oração.
A madre Maria da Conceição de Souza, morreu aos 88 anos, no mês de setembro. Era natural de São Paulo. Em 1956, fez parte do grupo das cinco irmãs pioneiras que vieram à cidade para fundar o Mosteiro.
Membro da Associação Amigos do Mosteiro, Claudinei Pollesel, afirmou que a madre teve sua “vida inteira dedicada à oração”.
Para Capitão Gomes, a madre merece a homenagem “por todo o trabalho social que desenvolveu” e por sua “perseverança”.
Com a colaboração de missionários Xaverianos e outros benfeitores, a irmã auxiliou os moradores do bairro Novo Horizonte e construiu a escolinha Menino Jesus e o Centro Comunitário Santa Beatriz.
Ferrato citou que, mesmo na vida em clausura, a madre atuou muito. “Ela deve servir de inspiração para nós”, afirmou.
Para a madre Maria Antônia, a réplica da placa será uma lembrança. “Ela trabalhou muito aqui”, disse.
A sobrinha da madre, Ana Maria de Souza, lembrou que a tia era sempre muito alegre, mas tinha personalidade forte. “Os bons modelos são difíceis de serem seguidos e ela escolheu uma vida difícil. Por acreditar no poder do bem, ela transformou muitas coisas”, disse.

Nenhum comentário: